Skip to main content
  • O Grupo Greenvolt, através da Greenvolt Next Portugal, celebraram uma parceria com o Grupo Finançor para instalar 3880 painéis solares em várias das unidades nos Açores.
  • Projeto inclui nove instalações, incluindo supermercados, hotéis e fábricas, num total de 2,1 MW que permitirão gerar 2,6 GWh de energia solar anualmente.
  • Com recurso a contratos de compra e venda de energia de longo prazo da Greenvolt Next Portugal, será possível à Finançor acelerar o seu plano de descarbonização.

O Grupo Greenvolt, através da Greenvolt Next Portugal, prossegue o seu crescimento na Região Autónoma dos Açores, desta vez em parceria com o Grupo Finançor. Este projeto de grandes dimensões, que prevê a instalação de painéis solares fotovoltaicos em nove espaços distintos, desde hotéis a supermercados, mas também em fábricas do grupo, permitirá acelerar o plano de descarbonização e sustentabilidade da empresa açoriana.

A parceria entre a Greenvolt Next Portugal e o Grupo Finançor levará à instalação de um total de 3880 painéis solares através de um contrato de compra e venda de energia de longo prazo (Power Purchase Agreement ou PPA), num modelo de partilha de risco e benefícios. Estes painéis representam uma capacidade instalada de 2,1MW, permitindo gerar 2,6 GWh de energia limpa anualmente.

Serão abrangidas diversas instalações do Grupo Finançor, desde as unidades hoteleiras, como o Azoris Royal Garden, o Azoris Angra Garden e o Azoris Faial Garden, as lojas Sol-Mar, Pingo Doce e Recheio, assim como as várias unidades fábris que detém na região, como a fábrica de rações, a moagem ou a fábrica de bolachas Mulata.

Esta parceria, que se materializa na implementação de soluções de geração de energia fotovoltaica, é representativa das oportunidades que as empresas portuguesas têm numa gestão proativa das suas necessidades energéticas, optando por modelos eficientes e de partilha de risco. Estamos muito satisfeitos por contribuirmos para um incremento da competitividade do Grupo Finançor, ao mesmo tempo que aceleramos a descarbonização das suas atividades”, adiantou João Manso Neto, CEO da Greenvolt.

 “São 2,1 MW de capacidade instalada contratada através de um PPA Greenvolt Next numa lógica de parceria, e que garante ao Grupo Finançor proteção contra os preços elevados e a incerteza na definição das tarifas da eletricidade nos Açores que têm impacto na competitividade das empresas da região”, acrescenta Pedro Ramalhosa, Managing Partner da Greenvolt Next Portugal.

O Grupo Finançor vê nesta parceria a oportunidade de “acelerar o seu plano de descarbonização e sustentabilidade, que prevê a instalação de um total de 3,5 MW de painéis solares fotovoltaicos”, nota Romão Braz. “É uma ambição nossa a de reduzir expressivamente a nossa pegada ecológica nos vários setores de atividade em que estamos presentes, sendo que esta parceria com a Greenvolt, num modelo de partilha de risco e benefícios, permite-nos avançar de forma mais rápida e estruturada nestes grandes projetos, ainda sujeitos a uma grande burocracia e apertados requisitos técnicos nos Açores que dificultam a sua implementação”, conclui o Presidente Executivo do Grupo Finançor.

Fundado em 1954 por um grupo de industriais com raízes na ilha de São Miguel, a maior ilha do arquipélago dos Açores, o Grupo Finançor está presente no setor agroalimentar, distribuição alimentar e turismo, sendo responsável por mais de 1.600 postos de trabalho.

A Greenvolt Next Portugal é a empresa líder em Portugal em soluções de Geração Distribuída para autoconsumo, segmento de extrema importância para o Grupo Greenvolt que desenvolve a sua atividade também na promoção e desenvolvimento de projetos eólicos e solares Utility Scale, além de gerar energia renovável através de biomassa residual. Chegou aos Açores no final de 2023 já com vários projetos em carteira que têm contribuído para elevar o backlog do segmento da Geração Distribuída de energia renovável do Grupo Greenvolt para um total de 312 MWp.

Leave a Reply