Skip to main content
  • A Greenvolt Next Portugal, do Grupo Greenvolt, vai instalar cinco Unidades de Produção para Autoconsumo (UPAC) em três empresas do Grupo FHC, com uma capacidade total que ascende aos 3MW.
  • O projeto, desenhado pelos engenheiros da Greenvolt Next Portugal, prevê a instalação de quase 5.500 painéis solares capazes de produzir 4.358 MWh/ano.
  • A energia gerada, além de suprir as necessidades das operações nas várias unidades, permitirá alimentar a frota 100% elétrica com energia limpa através dos carports.

O Grupo Greenvolt vai instalar cinco Unidades de Produção para Autoconsumo (UPAC) nas instalações do Grupo FHC, referência do setor farmacêutico em Portugal l, presente em toda a cadeia de valor do medicamento, desde I&D até à distribuição internacional, com posição consolidada em mercados estratégicos. Num projeto que envolve três das várias unidades que tem em Portugal, a Greenvolt Next irá implementar painéis solares com uma capacidade de produção global que ascende a 3 MW.

O Grupo FHC tem vindo a reduzir o seu consumo de energia, alcançando uma poupança de 13% através da adoção de sistemas mais eficientes em todas as suas localizações. Reforçará assim essa aposta com cinco UPAC distribuídas pela FHC | Farmacêutica, a Basi Laboratórios e a Empifarma, compostas por um total de 5.489 módulos.

As UPAC terão uma capacidade de produção de praticamente 3 MW (2.991 kWp), o suficiente para gerar anualmente 4.358 MWh de energia obtida a partir da irradiação solar. Parte desta energia será captada pelos três carports com uma capacidade de produção de 860 kWp que serão instalados pela Greenvolt Next Portugal nas instalações do parque industrial de Mortágua.

O Grupo FHC está empenhado no processo de transição energética. Compreendeu, já há algum tempo, a importância não só de reduzir os consumos de energia como de obter a energia a partir de uma fonte renovável como é o sol“, diz Pedro Lavareda de Carvalho, managing partner da Greenvolt Next Portugal. “É com orgulho que a vemos juntar-se à Greenvolt Next Portugal para dar mais um passo no sentido da neutralidade carbónica“, acrescenta.

O Grupo FHC salienta a importância deste investimento “no reforço da capacidade de geração de energia renovável para as nossas operações, reforçando o nosso compromisso com a sustentabilidade“. Em resultado da implementação destas UPAC, irá conseguir uma redução anual de emissões de gases poluentes para a atmosfera de mais de 2.000 toneladas.

Sedeado em Mortágua, o Grupo FHC é um dos mais relevantes grupos empresariais do setor farmacêutico em Portugal, presente em toda a cadeia de valor do medicamento com valências reconhecidas na área industrial, distribuição no mercado ambulatório e hospitalar, exportação e internacionalização, I&D bem como na área da consultoria farmacêutica.

O Grupo FHC iniciou a sua fundação com a criação da empresa FHC | Farmacêutica em 1998, dedicada ao mercado internacional, consolidando a sua posição no setor industrial farmacêutico com a aquisição e dinamização da Basi Laboratórios em 2003. É uma multinacional de origem e capitais exclusivamente privados, portugueses e presente em mais de 65 países em quatro continentes.

Fique a saber mais sobre as nossas soluções de Energia Solar

1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Leave a Reply